Revista ZUM 2

Hotel Tropical

João Castilho & João Paulo Cuenca

Ao contrário do Quarto de hotel de Edward Hopper, as fotografias de João Castilho são antinarrativas. Se em Hopper tudo parece o prenúncio de uma ação ou a continuação do frame anterior – a mulher da pintura se levantará depois de ler a carta, fará as malas e partirá? o que está escrito no pedaço de papel? –, os quartos de hotel de João Castilho nos imobilizam numa cápsula de tempo congelado. O mistério das fotos é a ausência de mistério.